Transformar para morar: imóvel condenado convertido em moderna moradia

A Croqui Design está super antenada nas mazelas sociais também, como os inúmeros imóveis abandonados ou em estado precário. Recentemente tivemos a seguinte matéria publicada na mídia nacional:

O Brasil vive um paradoxo: há mais imóvel vazio do que gente em busca de moradia. O déficit habitacional estimado é de cerca de 5,43 milhões de residências. Enquanto isso, há 6,097 milhões de unidades vagas, segundo dados do Censo. Diferentes razões explicam a situação. Há imóveis de governos das três esferas — União, estados e municípios —, unidades em disputa na Justiça, com dívidas de impostos, cujos proprietários já morreram sem deixar herdeiros, entre outros. Ao contrário de outros países, aqui não há grandes punições para quem deixa caros metros quadrados sem ninguém. Isso pressiona a necessidade por residências e faz com que muitas delas, algumas até em ruínas, sejam invadidas.

Fonte O Globo

Mas nós ainda temos fé na humanidade e achamos uma galera do bem que vai mostrar, através da matéria a seguir, como ainda dá para reformar um imóvel condenado em moradia segura, salubre e cheia de estilo.

Boas soluções de arquitetura nem sempre exigem grandes orçamentos. Prova disso é o trabalho que o escritório Terra e Tuma fez com a casa da Dona Dalva, na Zona Norte de São Paulo (SP). Com risco de desabamento, o imóvel apresentava problemas de estrutura e salubridade: um baita desafio para o coletivo, que se propôs a demolir a construção e dar início a uma nova casa, projetada do zero para ser boa, bonita e barata.

Usando uma estrutura com blocos aparentes, a obra deu à luz um espaço com sala, lavabo, cozinha, área de serviço, suíte e até uma pequena horta. Com ares contemporâneos, o grande charme do imóvel fica por conta de um pátio interno, que conecta a sala aos quartos. Bem ventilada e com muita iluminação natural, o projeto é a prova de que soluções arquitetônicas inteligentes para famílias de baixa renda são mais do que possíveis.

Vem ver o resultado:

Todas as fotos © Pedro Kok

Via: Hypeness e Catraca Livre

Post Author: Raquel Cunha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *